sábado, 3 de janeiro de 2015

Drone Crossfire 2 - Andamento da montagem

Já faz alguns dias que eu consegui fazer a montagem da base do drone, mas não tive tempo para postar fotos. Desde lá, venho incremento coisas no drone. Como eu acabo mudando muito durante a montagem do drone, não é viável fazer um passo a passo, então vou postar apenas os resultados.

Ainda falta alguns ajustes nos ESC´s, porque eles estão com configurações diferentes; ou eu espero o cartão de calibração para ESC´s chegar ou vou tentar algo utilizando um Arduino (pode ser Uno, Mega ou qualquer outro); quando tiver algum resultado, eu compartilho todo o procedimento.

Eu decidi colocar uma bateria no meu controle, ao invés de usar pilhas, mas eu senti que ficou uma certa folga no compartimento. Resolvi o problema com uma espuma que vem com produtos chineses e uma fita dupla face da 3M.








Nas minhas compras, eu acabei adquirindo bolas de borracha anti vibração de tamanhos diferentes. Acabei usando o menor para a eletrônica e a maior para o plate da bateria e câmera de filmagem.

A minha bateria de 5200mah chegou a pouco tempo, mas segue uma foto comparativa das baterias que eu tenho (para drones diferentes), porém a de 5200mah não está incluída na foto, mas estará nas fotos da montagem.

Só para reforçar, sempre tenha a mão uma Lipo-Safe Bag, para não correr riscos de incendiar nada em sua casa.

É interessante também adquirir um Strap para usar no controle, assim você pode pendurá-lo no pescoço, sem o risco de deixá-lo cair ou acabar cansando muito de segurá-lo.

Para fazer o cabeamento dos motores / ESC´s / etc, é importante adquirir muito termo retrátil de vários tamanhos, no mínimo nas cores preto e vermelho. Se quiser adquirir mais cores, fica legal para acompanhar as cores dos fios que possam ser diferentes.

Serão necessários também os pinos banana 3.5mm e plug´s XT-60. Segue a foto do centro da distribuição de energia, que utiliza ambos os plugs.
No meu centro de distribuição de energia e acabei adicionando mais 4 JST de alimentação, para suprir LED´s, etc (não está na foto).

Eu utilizei pinças de metal - garra jacaré -  que vem com uma lupa (não lembro o nome disso), para fazer a soldagem dos pinos banana. O papel utilizado é para não arranhar o fio pela pinça, mas pode ser utilizado fita isolante na pinça. Eu já vi um pessoal que fura uma madeira e insere o pino dentro do furo.

Eu insiro o estanho pelo furo do pino, e aquecendo com o ferro de solda. É importante não esquecer de colocar pasta de solda antes de começar.

Como ficou a solda terminada.


Agora com o termo retrátil aplicado.

Um exemplo que fiz com o motor brushless, utilizando cores diversas no termo retrátil.

Enquanto é feita a calibragem/configuração do drone, é importante deixá-lo sem as hélices. Como sei que vou quebrar muitas hélices e também que vou acabar me machucando, no começo vou utilizar hélices de nylon, depois parto para as fibra de carbono. Segue um apanhado de hélices que possuo.
Apesar de parecer que são de tamanhos diferentes, todas são 10x45.

A de fibra de carbono com um gloss.

As pequenas são para o drone menor, que vou montar daqui um tempo.

Detalhe das hélices.

Quem utiliza eletrônica APM (Ardupilot), normalmente utiliza o Power Module, que alimenta o APM / Rádio, e ao mesmo tempo verifica o nível da bateria, que é muito importante no caso das Lipos. Neste caso, é importante remover o pino +5v do BEC dos ESC´s (caso possua), para evitar que ocorra um curto circuito. Inclusive, muitos não recomendam a utilização do BEC dos ESC´s, por geralmente não estarem totalmente isolados da parte de potência, transmitindo interferência para a eletrônica. Existe também o risco de caso o ESC queime, acabe queimando também a eletrônica, por isso da necessidade de isolar.
Levante a trava do alojamento JST para remover o fio.

Utilize termo retrátil para isolar o fio +5v (vermelho). Na foto, eu utilizei um bem grande, mas acabou não dando muito certo, e tive de usar um que cobrisse apenas o fio +5v.

Na minha primeira montagem funcional, eu deixei o GPS preso de qualquer jeito, e não me preocupei com muita coisa, só para fazer funcionar logo.

Depois eu acabei adicionando mais um plate no frame, para suportar o GPS e uma câmera de FPV. Recentemente, adicionei um circuito de LED´s que utiliza o chip ULN2803 (existem vários tipos no http://pt.aliexpress.com/wholesale?SearchText=apm+led) e LED Strip´s RGB.
Os LED´s RGB tem de tamanho 5050, que vem as 3 cores no mesmo LED, ou os 3528, que as cores são separadas. Eu usei os 3528 porque o consumo é menor para dar a volta completa no braço, já que o chip ULN2803 tem um limite de corrente, então é interessante verificar o consumo total dos LED´s. Em geral, dizem que o chip suporta 9 LED´s ligadas em cada porta, exatamente o mesmo que eu usei. Eu deixei todos os LED´s azuis ligados em todas as strip´s; os LED´s da frente, eu fiz piscar em verde, para combinar com os braços; os de trás, piscar em vermelho.
Onde comprar:
http://pt.aliexpress.com/wholesale?SearchText=led+strip+rgb

Como se usa LED´s no APM:http://copter.ardupilot.com/wiki/nav-leds/

Deixei a bateria solta, só para fazer testes. Eu risquei as strip´s porque os LED´s vieram em posições diferentes do que estava marcado. Fiz acender os LED´s com um multímetro na escala de diodo.

Como ficou o LED Strip.

A torre to GPS. Utilizei este case para o GPS: http://www.thingiverse.com/thing:268011

O Power  Module ficou preso embaixo (está em preto). É onde se conecta a bateria.

 Como ficou de lado.

Visão pela parte traseira do drone (dá para ver o receptor do controle).

Parte dianteira.

Como ficou no escuro.

Esta foi a montagem:
http://www.thingiverse.com/thing:234867

O arquivo de alguns dos espaçadores:
http://www.thingiverse.com/thing:251507

Case do GPS:
http://www.thingiverse.com/thing:268011

Até mais.